Novidades

16 de junho de 2017

A Noiva






Era uma vez um casal apaixonado, namoraram durante três anos ate que resolveram se casar. Hamilton e Sarah formavam um belo casal e suas vidas eram super compatíveis e isso tornava o relacionamento amistoso e perfeito. Tudo ia muito bem e com o passar dos anos resolveram se casar. O dia apesar de nublado estava lindo para os pombinhos, não pelo clima, mais pela ansiedade e beleza que radiava no casal, Sarah propôs o casamento em uma capela, uma igreja simples que ficava em uma ilha do estado em que morava, o lugar apesar de simples era perfeito para a situação e sempre fora admirado por Sarah, Hamilton que era um grande noivo não fez pouco caso e logo tratou de arrumar uma forma para realizar o sonho da noiva e tratou de arrumar então uma forma de todos atravessarem o rio, ficou decidido que a travessia seria de balsa, Hamilton atravessaria separado com padrinhos de sua escolha e Sarah na seqüência  faria o mesmo , os demais em uma balsa maior  . No dia do casamento a correria era intensa e o nervosismo era inevitável, Sarah estava com os nervos a flor da pele, afinal era seu grande dia, Hamilton tentava conter a agitação mais era impossível, pois era visível ao olhar de todos que com ele estava. No dia do casamento todos encontraram próximas as docas para poderem pegar o transporte, ventava muito e isso poderia dificultar a travessia, mas desistir era uma palavra irreconhecível para o casal. 

Os convidados atravessaram, em seguida Hamilton com respectivos padrinhos,  por ultimo Sarah com os seus, no meio da travessia  o vento voltou a soprar forte e todo cuidado era pouco, de repente Sarah ao tentar se proteger da poeira que vinha com o vento tropeçou e caiu no rio, ao cair na água Túlio e Renan seus irmãos que com ela estava pularam para socorrer a noiva, Hamilton que já estava do outro lado a espera nada notou, Sarah se debatia para tentar manter acima da água para não afogar , mais sua luta era em vão pelo seu nervosismo afundava cada vez mais, a medida que debatia  ia se afogando, os irmãos não conseguindo a segurar mergulharam para poder encontrá-la, mais já era tarde, Sarah havia afogado e sumido  e nem sinal de seu corpo. Os irmãos subiram na balsa chocados e tristes enquanto os demais ligavam para o corpo de bombeiros que imediatamente estava no local, Hamilton ao ficar sabendo  desesperado tentou pular atrás, mais foi contido pois o tempo não estava legal e corria o risco de se afogar também. 

O casamento tinha acabado e a dor de Hamilton era enorme, todos estavam abalados com a situação um tanto quanto trágica e comovente. O corpo de bombeiros trabalhou horas e horas mais nada fora encontrado, com muito tempo de buscas o buque foi encontrado, mais o corpo desaparecera de forma misteriosa, não encontraram mais nada. O tempo passou e as buscas foram cessando já que não tinham sucesso, se quer pistas, Hamilton entrou em depressão e não sabia o que fazer. 

Os anos se passaram e moradores locais da ilha ou nas proximidades dizem que em toda noite de 15 de Outubro e em algumas outras mesmo que o tempo esteja aberto repentinamente uma ventania começa e escutam próximo ao local um choro vindo de algum lugar, dizem também ver na proximidade do acidente um vestido de noiva boiando sobre a água, pescadores dizem que o vestido fica ate se aproximarem e então é sugado de maneira súbita e desaparece, alguns ate comentam que já viram Sarah vagando com seu vestido próximo as docas nas madrugadas. 

Um pescador e morador local disse que certo dia estava pescando quando de longe avistou o vestido, pensou logo na historia dos demais e no caso, resolveu então se aproximar para checar, a medida que se aproximava o vestido mudava da cor branca para vermelho, foi quando notou algumas bolhas de ar vindo do local , disse que no momento ficou assustado e pensou em pular no local para supostamente socorrer seja lá o que estivesse se afogando ali, mas por um relapso despertou como se tivesse hipnotizado e saiu imediatamente do local, alguns pescadores morreram no local tempo depois da morte da noiva, os corpos dos mesmos eram encontrados em diversos locais, sem hematomas, porém com os pulmões cheios de água, já o corpo de Sarah até hoje não fora encontrado. Com o passar do tempo Hamilton mudou para evitar constrangimento e chateação. Ainda com o buque, que de forma milagrosa e estranha ainda esta impecável e se quer uma flor morreu, ele as deixa em um vaso e todo dia que o olha nota que as flores estão molhadas e o vaso com água, todo dia tem de tirar a água do vaso que ninguém sabe explicar com vai parar ali e como as flores não morrem, ninguém sabe. 

Se copiar colocar devidos créditos , Obrigado !  

Ass : Glaucow Maciel Freitas